Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9391
Title: Interação, mediação e autonomia no ensino-aprendizagem em Educação a Distância
Authors: Castagnaro, Fabiana Correa
metadata.dc.contributor.advisor: Gonçalves, José Carlos
metadata.dc.contributor.members: Freitas, Luciana Maria Almeida de
Almeida, Fábio Sampaio de
Issue Date: 30-Apr-2019
Abstract: Este trabalho aborda a importância da mediação entre Professor e alunos, no processo ensino-aprendizagem do componente curricular do Português no Curso EaD de Licenciatura em Letras - UFF/CEDERJ. O objetivo principal é estudar a interação professor-aluno no contexto virtual, detectando e descrevendo as estratégias mediadoras utilizadas para estimular maior autonomia na aprendizagem dos alunos. O estudo tem como foco o conceito de estratégias de aproximação, e a sua relevância para a flexibilização da estrutura conversacional e para a minimização das assimetrias, no discurso entre professor e alunos em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Presume-se que o professor, ao atuar na sala de aula virtual, exerce o papel de facilitador da aprendizagem, deixando de ser um mero transmissor de conhecimento, devido às inúmeras fontes de informação trazidas pelas múltiplas tecnologias de informação e comunicação propiciadas pela convergência digital. O estudo fundamenta-se nas teorias da Análise da Conversa Etnometodológica (GARFINKEL, 1967) e da Análise Sociointeracional do Discurso (RIBEIRO e GARCEZ, 2013), utilizando como categorias de análise as pistas de contextualização, os alinhamentos e os enquadres interacionais. A metodologia qualitativa utilizada é uma Análise Sociolinguística Interacional dos dados coletados por intermédio da plataforma Moodle, a partir de interações entre professor e alunos inscritos na disciplina Português VIII, do Curso EaD de Licenciatura em Letras da Universidade Federal Fluminense (UFF), através da Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ. Os resultados mostram que a atuação da professora, como mediadora, animadora e orientadora, e a interação constante com os alunos estimulam o desempenho e a autonomia, na aprendizagem dos discentes. Consequentemente, a mediação propicia maior presença na EaD, encorajando e motivando o aluno durante a realização das atividades. Com base nas evidências, pode-se dizer que a mediação efetiva pode ajudar a tornar a interação professor-aluno menos assimétrica e mais significativa para ambos. Paralelamente, verifica-se que a cordialidade, a solidariedade, a afetividade e o feedback são estratégias de aproximação fundamentais para maximizar as chances de sucesso do processo ensino-aprendizagem, na modalidade de ensino a distância. Aplicações e implicações dos resultados da pesquisa são discutidas, com o objetivo de estimular o desenvolvimento de maior presença dos participantes e mais autonomia da aprendizagem em outros contextos do AVA e a formação de professores de Língua Portuguesa
metadata.dc.description.abstractother: This work discusses the importance of mediation between Teacher and students in the teaching-learning process of Portuguese in the undergraduate distance course of Letters by UFF / CEDERJ. The main goal is to study teacher-student interaction in the virtual context, detecting and describing the mediating strategies used to stimulate greater autonomy in students' learning. The study focuses on the concept of approximation strategies, and their relevance for the flexibility of the conversational structure and for the minimization of asymmetries, in the discourse between teachers and students in the Virtual Learning Environment (VLE). It is assumed that the teacher, acting in a virtual classroom, plays the role of facilitator of learning, no longer being a mere transmitter of knowledge, due to the innumerable sources of information brought by the multiple information and communication technologies provided by digital convergence. The study is based on the theories of Analysis of the Ethnomethodological Conversation (GARFINKEL, 1967) and the Analysis of the Speech as social interaction (RIBEIRO and GARCEZ, 2013), using contextualization clues, alignments and interactional frameworks as categories of analysis. The qualitative methodology used is an Interactional Sociolinguistic analysis of the data collected through the Moodle platform, based on interactions between teacher and students enrolled in the Portuguese VIII, of the undergraduate distance course of Letters of Fluminense Federal University − UFF, through CECIERJ Foundation / CEDERJ Consortium. The results show that the teacher's role as mediator, cheerleader and coach, and the constant interaction with the students stimulate the performance and the autonomy, in the apprentices' learning. Consequently, mediation fosters a greater presence in by encouraging and motivating the student during the activities. Based on the evidence, it can be said that effective mediation can help to make the student-teacher interaction less asymmetric and more meaningful for both. At the same time, it is verified that cordiality, solidarity, affectivity and 'feedback' are fundamental strategies of approximation to maximize the chances of success of the teaching-learning process, in the distance learning modality. Applications and implications of the research results are discussed, aiming at stimulating the development of greater presence of the participants and more autonomy of learning in other VLE contexts, and Portuguese Language Teacher Education
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9391
Appears in Collections:POSLING - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Fabiana Castagnaro - Versão Final.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.