Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9447
Title: A configuração identitária da enfermeira: percursos, escolhas e decisões de graduandos de enfermagem
Other Titles: The nursing identity configuration: journey, choices and decisions of nursing graduates
Authors: Santos, Emíllia Conceição Gonçalves dos
metadata.dc.contributor.advisor: Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
metadata.dc.contributor.members: Carvalho, Renato Silva de
Sabóia, Vera Maria
Issue Date: 2018
Citation: Santos, Emíllia Conceição Gonçalves dos. A configuração identitária da enfermeira: percursos, escolhas e decisões de graduandos de enfermagem. 2018. 137 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018
Abstract: A presente pesquisa de Mestrado Acadêmico encontra-se inserida no Núcleo de Pesquisa em Trabalho, Saúde e Educação – NUPETSE. Acredita-se que o Processo de Enfermagem é o melhor instrumento para desenvolver e consolidar a identidade profissional. Objetivo Geral: Compreender as implicações da imagem da Enfermagem pela sociedade no processo de decisão profissional. Específicos: Caracterizar o perfil dos graduandos de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense; Descrever a concepção dos graduandos de Enfermagem quanto ás influências da configuração identitária da profissão. Analisar como a identidade social da Enfermagem influencia no processo de decisão profissional. Metodologia: Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, exploratório-descritiva, de campo. Teve como participantes 25 graduandos de Enfermagem do quinto período. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizado um roteiro semi-estruturado e realizada a análise temática de conteúdo. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Etica da Faculdade de Medicina da UFF e recebeu número de CAAE 66917517.5.0000.5243 e parecer 2.066.847. Claude Dubar foi eleito para referencial teórico, pois investiga as Identidades Profissionais e a Sociologia do Trabalho, desvelando variações das formas identitárias profissionais, que aportam nas relações de trabalho e nas relações sociais. Resultados e discussão: foram elaboradas quatro categorias temáticas que emergiram dos discursos, por meio de 117 unidades de registro: 1- O ser enfermeiro: identidade para si. Categoria 2- A opção pela Enfermagem: caminhos e descaminhos da escolha profissional. Categoria 3- A reação da família/amigos: identidade para o outro. Categoria 4- Projetando o futuro profissional. Além disso, foram construídas quatro unidades de contexto, as quais sumarizaram as ideologias predominantes oriundas dos discursos dos acadêmicos, quais sejam: 1-O cuidado e o cuidar. 2-As vicissitudes do percurso às carreiras valorizadas. 3-Da aceitação e orgulho à negação e preconceito. 4-Os nexos da Enfermagem: status, salários, jornadas e áreas de atuação. Conclusão: Os graduandos trazem consigo interpretações do que é ser enfermeiro, a partir de suas vivências e experiências, consubstanciadas com o que a sociedade pensa a respeito da figura do enfermeiro. A escolha pela Enfermagem se dá por inúmeros caminhos, que se interligam e tornaram a Enfermagem parte fundamental da vida desses estudantes. A multifatoriedade percebida neste estudo encontrou respaldo na literatura cientifica e apuram-se paradigmas da Enfermagem historicamente alicerçados, veiculados e condensados nas abstrações sociais
metadata.dc.description.abstractother: Objective: This study aim to understand implications of Nursing image by society in the student´s decision-making process. Identify the students' conception of the influences of the identity configuration of the profession. Analyze how the conception about the social identity of Nursing has repercussions in the academic´s professional decision process. Methods: qualitative, exploratory-descriptive. Subjects: Nursing students. Theoretical reference: Sociologist Claude Dubar. Instrument: semi-structured questionnaire. Data analysis: thematic analysis of content. Results: thematic categories: 1- Being a nurse: identity for yourself. 2- The option for Nursing: the journey and paths of professional choose. 3 - The reaction of family and friends to Nursing: identity for the other. 4 - Designing the professional future. Conclusions: Students interpretations of what it is to be a nurse come from life's experiences and society´s thinking about that figure. The choice for Nursing takes place through innumerable interrelated paths and has variables, establishing paradigms and allegories of Nursing historically grounded, conveyed and condensed in social abstractions
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9447
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Emillia C. Gonçalves dos Santos.PDF1.15 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons