Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9517
Title: Cálculo Mental e Ensino de Aritmética em Escolas da Cidade do Rio de Janeiro no Final do Século XIX
Other Titles: Mental Calculus and Arithmetic Teaching in Schools in Rio de Janeiro at the End of the 19th Century
Authors: Soares, Flávia dos Santos
Issue Date: 2019
Citation: SOARES, F. S. Cálculo Mental e Ensino de Aritmética em Escolas da Cidade do Rio de Janeiro no Final do Século XIX. Bolema, Rio Claro (SP), v. 33, n. 63, p. 177-204, abr. 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/bolema/v33n63/1980-4415-bolema-33-63-0177.pdf
metadata.dc.relation.ispartof: Bolema, Rio Claro (SP), v. 33, n. 63, p. 177-204, abr. 2019.
Abstract: O cálculo mental vem sendo considerado um recurso didático valorizado no Brasil, mais especialmente a partir de 1990, com a publicação de documentos que reforçaram sua importância para o ensino da Matemática na Escola Básica. Entretanto, sugestões para sua utilização já estavam presentes em recomendações curriculares para a escola primária e a secundária desde o século XIX. Incorporado a orientações para a aritmética, o cálculo mental aparece na esteira das propostas de renovação do ensino juntamente com as ideias do método intuitivo, a partir da década de 1870. Neste texto, tem-se como objetivo investigar de que forma o cálculo mental esteve presente nas prescrições para o ensino de aritmética e de que forma foi implementado na prática dos professores em escolas da cidade do Rio de Janeiro. Pretende-se destacar a importância do cálculo mental no ensino de aritmética nos últimos anos do século XIX em documentos oficiais e como o cálculo mental era apresentado em obras didáticas, programas e materiais de ensino.
metadata.dc.description.abstractother: Mental calculus has been considered a didactic resource valued in Brazil, especially since 1990, with the publication of documents that reinforced its importance for Mathematics teaching in elementary education. However, suggestions for its use are already present in the curricular recommendations for elementary and secondary education since the 19th century. Incorporated into guidelines for arithmetic, mental calculus appears in the wake of proposals for teaching renewal together with the intuitive method ideas, beginning in the 1870s. In this text, the objective is to investigate how mental calculus was present in the prescriptions for the arithmetic teaching and how it was implemented in the teachers practice in schools in Rio de Janeiro. It is intended to highlight the importance of mental calculus in arithmetic teaching in the late nineteenth century in official documents and how mental calculus was presented in didactic works, programs and teaching materials.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9517
Appears in Collections:HEDUMAT - Artigos de periódicos e trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SOARES_BOLEMA_2019.pdfArtigo de Periódico934.21 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons