Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9612
Title: A chamada estagnação secular e suas consequências sobre o sistema capitalista: uma análise marxista a partir das grandes transformações industriais
Authors: Paulo, Sávio Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Monfardini, Rodrigo Delpupo
metadata.dc.contributor.members: Monfardini, Rodrigo Delpupo
Cerqueira, Daniela Franco
Silveira, Maracajaro Mansor
Issue Date: 2018
Abstract: Este trabalho propõe uma análise da evolução da produtividade do trabalho e da acumulação do capital nos períodos disruptivos da era capitalista industrial, observando que, após a consolidação das modificações ocasionadas pela revolução da microeletrônica na década 1970, de fato ocorre uma queda do ritmo de aumento da taxa de produtividade anual que leva diretamente à queda da taxa de lucro, ocasionando uma estagnação secular produtiva atualmente. Como consequência da queda deste fator decisivo para o sistema produtivo vigente, serão evidenciados problemas sociais e econômicos recentes que se manifestam em função da necessidade da manutenção destas taxas de lucro em uma sociedade inserida sobre um paradigma tecnológico insuficiente e em esgotamento, entre as quais destaca-se a acentuação da estrutura da desigualdade social no século XXI. Partindo do pressuposto de que as relações econômicas geram determinações nas escolhas da humanidade de forma geral, este estudo baseia-se em observar os fatos sociais e econômicos que anteciparam e sucederam as duas Grandes Revoluções Industriais e dessa forma encontrar congruências entre o esgotamento da capacidade de aumentar as taxas da produtividade do trabalho em decorrência do paradigma estabelecido pela terceira revolução industrial após a década de 1970 e as consequências deste fenômeno para a sociedade moderna.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9612
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sávio F Paulo (2018), A chamada estagnação secular e suas consequências.pdfPaulo (2018), A chamada estagnação secular e suas consequências724.19 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.