Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9633
Title: Terceirização no setor público: um estudo de caso com as trabalhadoras da empresa LUSO na UFF
Authors: Señorans, Bruna Siqueira dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor: Soares, Carolina Zuccarelli
metadata.dc.contributor.advisorco: Teló, Fabrício
metadata.dc.contributor.members: Lopes, Aline Marinho
Omena, Erick
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O presente estudo tem como propósito apresentar a visão das trabalhadoras terceirizadas do ramo da limpeza sobre a condição de trabalho e a rotina diária fora e dentro da dimensão da Administração Pública, que implica, através de uma sociologia da experiência, imergir em conversas com os trabalhadores. Além disso a pesquisa demandou explorar, a partir de referencial teórico da Sociologia do trabalho, a história da nova modalidade de trabalho do século XXI, a terceirização. Um apanhado da história da formação de novas morfologias do trabalho do século XX até os tempos atuais - em específico ao estudo - a terceirização dos serviços de limpeza e conservação no âmbito público estatal brasileiro, foi feito. Entrevistas abertas de natureza qualitativa foram desenvolvidas com uma pequena amostra das trabalhadoras da Conservação Luso Brasileira S/A, empresa prestadora de serviços à Universidade Federal Fluminense. Por meio do trabalho foi possível desenvolver a noção de invisibilidade social no emprego e as condições de precariedade do trabalho executado pelas servidoras terceirizadas no Instituto Público, mesmo que algumas não reconheçam tal condição precária. Também foi discutido o conceito de interseccionalidade, que se define como a opressão de classe, gênero e raça as quais estas trabalhadoras encontram-se vulneráveis. Opressão vivida cotidianamente por estas mulheres.
metadata.dc.description.abstractother: The present study aims to present the vision of outsourced workers in the business of cleaning on the working condition and the daily routine outside and inside dimension of public administration, which implies, by way of a sociology of experience, plunge into conversations with workers. In addition, the research required to explore, from theoretical framework of Sociology of work, the story of the new 21ST century working mode, outsourcing. A summary of the history of the formation of new morphologies of the 20th century until the present times-study-specific outsourcing cleaning services and conservation under Brazilian State, was made public. Open interviews qualitative nature was developed with a small sample of the Conservação Luso Brasileira S/A, company providing services to the Universidade Federal Fluminense. Through the work it was possible to develop the notion of social invisibility and the conditions of employment precariousness of work performed by the contractors in the Public Institute serves, even if some don't recognize such fragile condition. Was also discussed the concept of intersectionality, which defines how the oppression of class, gender and race which these workers are vulnerable. Oppression experienced daily by these women.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9633
Appears in Collections:GGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TRABALHO DE CONCLUSÃO (2018.1) Bruna Señorans.pdf829.64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.