Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9648
Title: A cultura visual e a nova paisagem sonora: desafios contemporâneos para a psicologia
Authors: Santos, Lucas Bezerra dos
metadata.dc.contributor.advisor: Preu, Roberto de Oliveira
metadata.dc.contributor.members: Rodrigues, Ana Cabral
Ferraz, Gustavo
Issue Date: 2018
Citation: SANTOS, Lucas Bezerra dos. A cultura visual e a nova paisagem sonora: desafios contemporâneos para a psicologia. 2018. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia)-Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: Quando se fala dos saberes Psi, com foco na Psicologia, observamos a necessidade de pensar o campo para além das barreiras elitistas historicamente produzidas, a fim de dar conta de questões contemporâneas do contexto brasileiro. O objetivo deste trabalho emerge no percorrer de uma experiência de estágio que fora vinculado com a secretaria de cultura da cidade de Volta Redonda (RJ). Na experiência em questão, através da observação participante e diário de campo, a posição de especialista das subjetividades que muitas vezes se espera do psicólogo é questionada, assim como que sentidos de cultura e território são disputados na cidade, o que nos leva ao segundo capítulo do trabalho. Na sociedade, a nova paisagem sonora está repleta de sons maquínicos e aborrecidos, ao passo que os smartphones e o acesso às redes sociais tem tomado cada vez mais tempo e importância na vida das pessoas. Como esse contexto afeta a construção de subjetividade? Para pensar a percepção da síntese entre imagem e som, o trabalho utilizou da descrição e comentários de sete cenas de filmes e de um clipe musical, onde através das técnicas de montagem e da câmera o sentido da cena é construído. Posteriormente, ao comparar os comentários com a discussão decorrente do estágio, considerações são feitas acerca das consequências desses modos contemporâneos de se relacionar consigo mesmo, com o outro e com o mundo, que evidenciam um anestesiamento diante a realidade social.
metadata.dc.description.abstractother: When we talk about Psi knowledge, with a focus on Psychology, we observe the need to think the field beyond the historically produced elitist barriers in order to deal with contemporary issues in the Brazilian context. The objective of this work emerges in the trajectory of an internship experience that was linked to the culture secretariat of the city of Volta Redonda (RJ). In the experience in question, through participant observation and field diary, the specialist position of the subjectivity that is often expected of the psychologist is questioned, as well as what senses of culture and territory are disputed in the city, which leads us to the second chapter of work. In society, the new sound landscape is full of machinic and boring sounds, while smartphones and access to social networks has taken more and more time and importance in people's lives. How does this context affect the construction of subjectivity? To think about the perception of the synthesis between image and sound, the work used the description and comments of seven scenes of movies and a musical clip, where through the techniques of assembly and the camera the sense of the scene is constructed. Subsequently, when comparing the comments with the discussion arising from the stage, considerations are made about the consequences of these contemporary ways of relating to oneself, to the other, and to the world, which evidence an anesthesia in the face of social reality.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9648
Appears in Collections:VGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucas Bezerra dos Santos - ATA.pdf712.34 kBAdobe PDFView/Open
Lucas Bezerra dos Santos - TCC.pdf322.31 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons