Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9679
Title: Crise hídrica e o regime de chuvas na região sudeste: a seca de 2013-2015
Authors: Marini, Sâmia Saldanha
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Jorge Luis Fernandes de
metadata.dc.contributor.members: Vieira, Rosemary
Aires, Marina
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Marini, Sâmia Saldanha. Crise hídrica e o regime de chuvas na região sudeste: a seca de 2013-2015. 2018. 41f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geografia) - Instituto de Geociências, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: Nos últimos 30 anos aconteceram múltiplos eventos climáticos extremos no Brasil, tais como secas históricas na Amazônia e Nordeste, e enchentes na Amazônia, Sul e Sudeste. Segundo relatórios do Painel Internacional de Mudanças Climáticas (IPCC), eventos extremos são associados à variabilidade natural do clima, mas podem ser intensificados com o aumento da temperatura resultante de mudanças climáticas. Durante o século XX, a temperatura global aumentou entre 1,4 °C e 5,6 °C, representando um aquecimento acelerado se comparado ao detectado no século anterior e possivelmente sem precedentes nos últimos 10.000 anos. O episódio da seca de 2013-2015 na Região Sudeste foi o mais intenso dos últimos 52 anos, causado pela atuação de uma anômala, intensa e persistente área de alta pressão atmosférica sobre a Região, que inibiu a formação de chuvas e bloqueou a passagem de sistemas frontais e o desenvolvimento da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). A combinação de baixos índices pluviométricos com o aumento da demanda por água e ausência de planejamento público são as causas da mais recente crise hídrica.
metadata.dc.description.abstractother: Over the past 30 years, there have been multiple extreme weather events in Brazil, such as historic droughts in the Amazon and Northeast Region, and floods in the Amazon, South and Southeast Regions. According to reports by the International Panel on Climate Change (IPCC), extreme events are associated with natural climate variability, but can be intensified by temperature increase resulting from climate change. During the 20th century, global temperature increased between 1.4 °C and 5.6 °C, displaying accelerated rise temperature compared to that detected in the previous century and possibly unprecedented in the last 10,000 years. The drought episode of 2013-2015 in the Southeast Region of Brazil was the most intense of the last 52 years, caused by an anomalous, intense and persistent area of high atmospheric pressure on the Region, which inhibited the formation of rains and blocked the passage of frontal systems and the development of the South Atlantic Convergence Zone (SACZ). The combination of low rainfall rates with increasing demand for water and lack of public planning are the causes of the latest water crisis.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9679
Appears in Collections:GGG - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SÂMIA SALDANHA MARINI.pdfCRISE HÍDRICA E O REGIME DE CHUVAS NA REGIÃO SUDESTE: A SECA DE 2013-20152.7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons