Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9723
Title: A caderneta de saúde da criança para o cuidado integral à saúde infantil: percepções de profissionais de saúde
Other Titles: The child's health booklet for comprehensive child health care: perceptions of health professionals
Authors: Silva, Talita Cristina Tomaz da
metadata.dc.contributor.advisor: Cursino, Emília Gallindo
metadata.dc.contributor.members: Pacheco, Sandra Teixeira de Araújo
Silva, Liliane Faria da
Issue Date: 2019
Citation: Silva, Talita Cristina Tomaz da. A caderneta de saúde da criança para o cuidado integral à saúde infantil: percepções de profissionais de saúde. 2019. 110 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2019
Abstract: A atenção primária e as ações voltadas para a vigilância à saúde da criança constituem a base da organização da atenção à saúde infantil. Das estratégias voltadas para a atenção integral à saúde da criança, a Caderneta de Saúde da Criança (CSC) apresenta-se como instrumento essencial de vigilância infantil, por ser o documento onde são registrados os dados e eventos mais significativos para a saúde infantil e por possibilitar o diálogo entre a família e os diversos profissionais que atendem a criança. Objeto de estudo: a utilização da caderneta de saúde da criança pelos profissionais de saúde para o cuidado integral à saúde infantil. Objetivos: identificar como os profissionais de saúde utilizam a CSC para o acompanhamento e vigilância da saúde infantil; descrever os fatores que interferem na utilização ou não da caderneta pelos profissionais de saúde; discutir a importância da utilização da CSC na perspectiva dos profissionais de saúde, com vistas ao cuidado integral a saúde infantil. Estudo descritivo, de caráter exploratório, abordagem qualitativa. Os dados foram coletados com 24 profissionais de saúde que prestam atendimento à criança em um Centro Municipal de Saúde e em uma Unidade Hospitalar Pediátrica em um município do estado do Rio de Janeiro. Foram realizadas entrevistas semiestruturada e os dados foram avaliados pela técnica de análise de conteúdo temática. Resultados: três categorias teóricas foram definidas: A utilização da Caderneta de Saúde da Criança para o acompanhamento da vigilância infantil; Fatores que interferem na utilização ou não da caderneta pelos profissionais de saúde na perspectiva do cuidado integral à saúde infantil com duas subcategorias: fatores facilitadores para utilização da CSC pelos profissionais e dificuldades enfrentadas pelos profissionais; A importância da utilização da Caderneta de Saúde da Criança para o cuidado integral na perspectiva do profissional. Os dados quanto à utilização é preocupante, pois a ausência e os dados incompletos foram relatados pelos profissionais. Quanto às facilidades e desafios na utilização da CSC para o cuidado integral da criança o estudo apontou facilidades por possibilitar a continuidade no atendimento. E dificuldades enfrentadas pelos profissionais de saúde que estão ligadas, sobretudo, ao não preenchimento de dados, seja por desvalorização pelos profissionais, de algumas informações da própria caderneta, seja pela falta de tempo por sobrecarga de trabalho. A importância que a CSC tem no controle, vigilância, prevenção e promoção à saúde infantil, seja em nível individual ou em uma coletividade, são indiscutíveis. Além de auxiliar os profissionais na observação, notificação e análise da situação de saúde da criança, esta caderneta é um instrumento útil e fundamental para os profissionais desenvolverem tais ações. Os registros na caderneta possibilitam a comunicação entre os profissionais de saúde de diferentes serviços, a articulação entre os membros da equipe e a família e a valorização desse documento devem se intensificar, para que se efetive seu papel fundamental de vigilância do crescimento e desenvolvimento. Conclusão: evidências sobre a subutilização da caderneta foram reveladas pelos profissionais de saúde. O registro completo e correto pelos profissionais das informações sobre o atendimento contribui para o planejamento, acompanhamento e a avaliação das ações desenvolvidas, em diferentes espaços que prestam atendimento à criança, por ser este o principal instrumento para a vigilância infantil no contexto da atenção integral à saúde da criança
metadata.dc.description.abstractother: The primary care and actions directed to monitoring of the health of children constitute the base of the organization of attention on children´s health. On strategies destined to the integral attention of the Child´s Health Bookle is presented as the essential instrument of children´s monitoring for being the document where it is recorded the data and most significative events to children´s health and make dialogue possible between family and other proffessionals who treat the child. Object of study: the use of the health book of the child by health professionals for the integral care of children. Goals: o identify how health professionals use CSC to monitor and monitor children's health; to describe the factors that interfere in the use or not of the carnet by the health professionals; to discuss the importance of using CSC from the perspective of health professionals, with a view to comprehensive child health care. Descriptive study of exploratory type, qualitative approach. Data was colleted with 24 health proffessionals who provide service to children. At a “Municipal Center of Health” and “Pediatric Hospital Unit” in the state of Rio de Janeiro. Semistructured interviews were made and data were evaluated by technical analysis of subject content. Result: three theorical categories were defined: The use of the Child Health Handbook for the monitoring of child; Factors that interfere in the use or not of the booklet by health professionals from the perspective of integral health care for children with two subcategories: facilitating factors for professionals' use of CSC by professionals and difficulties faced by professionals; The importance of using the Child Health Handbook for comprehensive care from the perspective of the professional. All date regarding the use is worrying due to the absence and incomplete data related by proffessionals. In terms of facilities and challenges on the use of the CSC to fullcare of the child the study indicated facilities for allowing the continuity on the service. And the difficulties faced by health proffessionals that are linked, mainly, to the no filling up of some information of its own CSC, or, by the lack of time due to work overload. The importance CSC has on the control, monitoring, preventive and children´s health promotion, in individual or community levels in unquestionable. Besides helping proffessionals on observation, notification and analysis of the situation of children´s health, this Booklet (CSC) is a useful and fundamental instrument for proffessionals to develop these actions. The records on the booklet al.low communication between health proffessionals of different services, the articulation of members of the team and the family and valorization of the document must be intensified so that its fundamental role of growth and development monitoring can be implemented. Conclusion: Under utilization evidences of the booklet (CSC) were reveald by the health proffessionals. The complete and corrected record of the information about the service made by the proffessionals contributed for the planning, fallow up and the evoluation of the actions developed in the dufferent places that provide child service, by being this the main instrument for child monitoring in the context of full attention to children´s health
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9723
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Talita Cristina Tomaz da Silva.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons