Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9747
Title: A argumentatividade em editoriais do jornal O Globo : estratégias de persuasão
Authors: Storino, Andréa Lattanzi Loureiro
metadata.dc.contributor.advisor: Trouche, Lygia Maria Gonçalves
metadata.dc.contributor.members: Trouche, Lygia Maria Gonçalves
Monnerat, Rosane Santos Mauro
Ribeiro, Patricia Ferreira Neves
Issue Date: 2013
Abstract: A presente dissertação apresenta uma proposta de análise, sob o ponto de vista dos Modos de Organização Discursiva (CHARAUDEAU, 1992) e Teoria da Argumentação na Língua (DUCROT, 1983), do gênero do discurso editorial como produto de uma construção discursiva de sentido, em que cooperam, em um espaço de troca recíproco, parceiros que compartilham conhecimentos: um sujeito falante locutor e um sujeito interlocutor. Na encenação discursiva, esses parceiros assumem diferentes papéis sociais – no caso em questão, editorialista (voz eco do jornal) e leitor do jornal O Globo – em função da situação comunicativa em que se encontram. O texto é resultado desse processo de enunciação; é a materialidade de uma ideologia manifestada de forma ordenada, por meio de escolhas linguísticas conscientes ou não, em função do projeto de fala do locutor. Esse projeto pressupõe uma intencionalidade do sujeito emissor, o que implica a mobilização de estratégias discursivas no tocante à adesão, por parte do receptor, de um determinado universo de sentido. Dessa forma, esta dissertação apresenta, com finalidade pedagógica, análises modelares feitas a partir da descrição da macroestrutura argumentativa e dos elementos microtextuais de amostras de editoriais publicados pelo jornal O Globo. As análises modelares apresentadas − as quais podem ser utilizadas no âmbito escolar, no que concerne às aulas de produção textual, como forma de desenvolver no aluno uma melhor performance argumentativa − revelam um modelo de organização do discurso argumentativo que expõe a estrutura persuasiva utilizada pela imprensa, evidenciando como determinadas categorias argumentativas cumprem os objetivos de persuasão e de sedução.
metadata.dc.description.abstractother: This dissertation presents an analysis proposition, from the point of view of Discursive Organization Modes Theory (CHARAUDEAU, 1992) and L'Argumentation dans la langue (DUCROT, 1983), of the editorial discourse genre as a product of a sense discursive construction, in which, partners who share knowledge- a speaker and an interlocutor - cooperate in a space of mutual exchange. In discursive staging , these partners assume different social roles - in this case, editorialist (newspaper voice echo) and O Globo newspaper reader - depending on the communicative situation in which they are. The text is the result of this process of enunciation; it is the materiality of an ideology manifested in an orderly pattern through conscious linguistic choices or not, depending on the speaker’s speech project. This project presupposes the sender’s intentionality, which involves the mobilization of discursive strategies regarding the recipient’s adherence to a certain universe of meaning. Thus, this dissertation presents, with pedagogical purpose, model analyses and description of the argumentative macrostructure and micro textual elements of editorial samples published by O Globo newspaper. The model analyses presented - which can be used in the school environment, in relation to textual production classes as a means of developing a better student’s argumentative performance - reveal an organizational model of argumentative speech that exposes the persuasive structure used by the press, showing how certain argumentative categories meet the goals of persuasion and seduction.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9747
Appears in Collections:POSLING - Dissertações - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_FINAL_AndreaLLStorino_2013.pdf12.78 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons