Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9911
Title: Cortes na pele: considerações psicanalíticas a respeito do cutting na neurose
Authors: Sampaio, Thalles Cavalcanti dos Santos Mendonça
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Cláudia Henschel de
metadata.dc.contributor.members: Augusto Junior, Antônio
Pimentel, Fernanda Freire de Carvalho
Issue Date: 2018
Citation: SAMPAIO, Thalles Cavalcanti dos Santos Mendonça. Cortes na pele: considerações psicanalíticas a respeito do cutting na neurose. 2018. 147f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia)-Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense, 2018.
Abstract: Apesar de o fenômeno clínico do cutting estar contemplado pelas categorias de automutilação e autolesão não-suicida no DSM-5, elas não esclarecem os fatores psíquicos do desencadeamento desse fenômeno. O presente trabalho de monografia investiga exatamente tais fatores na etiologia do cutting, recorrendo à psicanálise para isso. Por meio da metodologia qualitativa de levantamento bibliográfico e análise de conteúdo, propõe-se então uma investigação da clínica diferencial do cutting, objetivando verificar a hipótese de que o cutting funciona, para alguns casos, como procedimento sobre o corpo para estabilização da angústia. A análise e tabulação de uma amostra de 103 testemunhos colhidos na rede social Tumblr revela a presença maciça de uma experiência de angústia na gênese do cutting, indicando ser ele um procedimento da defesa supergoica contra ela. O presente trabalho tem ainda como objetivos: 1) Estabelecer uma distinção entre a ação constitutiva do significante e a constituição de uma marca, de uma impressão, por meio da incisão na pele; 2) Interrogar, com base na análise de conteúdo dos testemunhos, a possibilidade de se estabelecer uma clínica diferencial do cutting para os quadros clínicos com recuo da ação constitutiva do significante e sua correlação com o desencadeamento da angústia, paixão pelo nada e empuxo ao cutting.
metadata.dc.description.abstractother: Although the clinical phenomena of cutting are covered by the categories of selfmutilation and non-suicidal self-harm in DSM-5, they do not clarify the psychic factors of the triggering of this phenomenon. The present work of monography investigates exactly these factors in the etiology of the cutting, resorting to the psychoanalysis for this. Through a qualitative methodology of bibliographical survey and content analysis, it is proposed to investigate the differential clinic of the cutting, aiming to verify the hypothesis that the cutting works, in some cases, as a procedure on the body to stabilize the anguish. The analysis and tabulation of a sample of 103 samples collected in the social network Tumblr reveals the massive presence of an experience of anguish in the genesis of cutting, indicating that it is a procedure of the Superego Defense against it. The present work also has as objectives: 1) To establish a distinction between the constitutive action of the signifier and the constitution of a mark, of an impression, through the incision in the skin; 2) To interrogate, based on the content analysis of the testimonies, the possibility of establishing a differential clinic of the cutting for the clinical pictures with retreat of the constitutive action of the signifier and its correlation with the triggering of the anguish, passion for nothing and thrust to the cutting.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9911
Appears in Collections:VGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thalles Cavalcanti dos Santos Mendonça Sampaio - ATA e TCC.pdf12.42 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons