Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9921
Title: Métodos ginásticos: a contrologia e sua aplicabilidade pelos discentes da UFF
Authors: Clarkson, Débora Santos
metadata.dc.contributor.advisor: Moreira, Maria Cristina
metadata.dc.contributor.members: Devide, Fabiano Pries
Souza, Eliane Glória Reis da Silva
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Clarkson, Débora Santos. Métodos Ginásticos: a contrologia e sua aplicabilidade pelos discentes da UFF. 2016. 40f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Instituto de Educação Física, Universidade Federal Fluminense, 2016.
Abstract: A ginástica é a arte de exercitar-se com o corpo desnudo. Quando se fala de ginástica, se faz necessário abordar seus aspectos históricos. Sabe-se que foi na Europa, que floresceram os métodos ginásticos que influenciaram a Educação Física no Brasil. Os métodos francês, alemão e sueco, em especial a Contrologia, objeto do nosso estudo, que é um método ginástico que foi desenvolvido na Alemanha, no final do século XIX, por Joseph Hubertus Pilates. O problema deste estudo está centrado na seguinte inquietação: os alunos que cursam a graduação em Licenciatura em Educação Física, no Instituto de Educação Física da Universidade Federal Fluminense – UFF, conhecem o método Pilates ou alguns dos seus movimentos, pertencente ao conteúdo da ginástica. O objetivo geral desta pesquisa é identificar se estes discentes conhecem e se sentem aptos para ministrar, organizar ou sistematizar aulas com esse conteúdo. Como objetivos específicos, pretendem-se: interpretar o conceito de Pilates produzidos pelos discentes, analisar as falas dos discentes sobre a ginástica de Pilates; identificar as carências e deficiências e as possíveis melhorias do conteúdo Ginásticas e, problematizar a disciplina Acrobacia e Malabarismo. Este estudo se justifica por trazer a discussão à comunidade acadêmica da UFF sobre o tema a inserção da ginástica de Pilates na escola, a partir de uma reflexão dos discentes sobre os conteúdos dessa temática. Esta pesquisa possui um desenho qualitativo e de campo. O estudo foi realizado na Universidade Federal Fluminense, no Instituto de Educação Física (IEF). O grupo de informantes do estudo foi constituído por 10 alunos. O instrumento de coleta de dados adotado foi a entrevista semiestruturada. A análise dos dados foi realizada a partir do uso do referencial teórico da Análise do Conteúdo. Após a leitura flutuante, os dados foram codificados em unidades de registro, e por fim, fizemos a categorização, a saber: O Pilates como um desafio; A (in)capacidade para ministrar o conteúdo Ginástica; A ginástica como uma disciplina própria e Grade diferenciada. Concluímos que foi possível verificar que os informantes, enquanto discentes em formação, foram unânimes ao dizer que a Contrologia, o Pilates, foi um conteúdo considerado diferenciado, porque não imaginavam a sua adoção enquanto ginástica na escola. Percebemos que muitos, provavelmente, vão adotar em suas práticas escolares e outros apenas o conheceram, mas não vão utilizá-lo, como não utilizaria qualquer elemento da Cultura Corporal que fugisse ao esporte.
metadata.dc.description.abstractother: Gymnastics is the art of exercising with the naked body. When it comes to gymnastics necessary to address its historical aspects. It is known that it was in Europe that flourished the gymnastic methods that greatly influenced the physical education in Brazil. The French, German and Swedish methods, in particular the Contrology, object of our study, which is a gymnastic method that was developed in Germany in the late 19th century, by Joseph Hubertus Pilates. The problem with this study is focused on the following concern: students who attend a graduation degree in physical education at the Institute of physical education of the Fluminense Federal University-UFF know the method Pilates or some of their movements, of the contents of gymnastics. The general objective of this research is to identify if these students know and are able to teach, organize or systematize lessons from this content. Specific objectives aim to: interpret the Pilates concept produced by students, review the lines of students about Pilates gymnastics; identify the weaknesses/deficiencies and possible improvements to the content and discuss the Gymnastics discipline acrobatics and Juggling. This study was justified by bringing the discussion to the academic community of the UFF about the theme the Pilates gymnastics at school, from a reflection of students about the contents of this theme. This research has a qualitative and design field. The study was conducted at the Fluminense Federal University, at the Institute of physical education (IEF). The Group of informants of the study consists of 10 students. The data collection instrument adopted was the semistructured interview. The analysis of the data were collected from the use of theoretical references of content analysis. After the reading, the data was encoded in log units, and finally, we made the categorization, namely: Pilates as a challenge; The (in) ability to teach gymnastics content; Gymnastics as a discipline of its own and distinctive grille. We concluded that it was possible to verify that the informants, while students in training, were unanimous in saying that the Contrology, Pilates, was a content considered, because it had no idea its adoption as gymnastics at school. We realize that many probably will adopt in their practices and others just meet, but they're not going to use it, as does not use any element of the body escape culture to sports.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/9921
Appears in Collections:GGJ - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Clarkson, Débora Santos. (2016). Métodos ginásticos.pdf929.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.